Como acelerar o aprendizado do inglês?

Hoje quero te mostrar como você pode acelerar o aprendizado do inglês para que em pouco tempo você atinja a fluência. Vou te passar duas técnicas simples que irão fazer com que você aprenda bem mais rápido e sem dúvidas, fazer com que você nunca se esqueça de nenhuma palavra que você tenha aprendido. É bom demais para ser verdade? Então me acompanhe até o final…

Por que acelerar o aprendizado do inglês?

acelerar o aprendizado do inglês - decolar
Hora de decolar com seu aprendizado!

Cada pessoa em sua individualidade tem seus motivos para acelerar o aprendizado do inglês. Isso é um fato!

Só que em minha opinião, acelerar o aprendizado do inglês, ou qualquer coisa que você queira aprender, é muito importante para que você adquira mais uma habilidade em sua vida o mais rápido possível e possa ganhar mais tempo para que você possa ir aprendendo outras habilidades.

Nós sabemos que quem se dar melhor na vida, são as pessoas que possuem diversas habilidades ou alguma habilidade específica.

Artigo RelacionadoMotivos para aprender um novo idioma

E já imaginou você dominar diversas habilidades, e ter mais tempo para melhorar sua habilidade que te dar mais prazer, a sua habilidade específica?

Por exemplo, sabemos que inglês é muito importante para sua vida para a construção de seu conhecimento profissional e pessoal, contudo você quer aprender de uma vez, mas não consegue, fica batendo cabeça com as escolas de inglês e nunca sai do lugar.

E por sua vez, você acaba perdendo tempo e dinheiro.

Agora, vamos supor que você prestou bastante atenção nas técnicas que irei te passar agora e começou a por em prática, e conseguiu aprender inglês em menos de 4 meses…

O que você vai fazer?

Adquirir mais e mais expertises ou focar no que você mais gosta…

Digo isso porque, em minha ótica, aprender inglês é quase que uma obrigação… Ou você aprende, ou é uma carta fora do baralho.

Sem mais delongas…

Dica 1 – 20 horas, apenas!

Segundo Malcolm Gladwell são necessárias nada menos do que 10 mil horas de prática para desenvolvermos um habilidade.

Isso me parece bastante tempo para aprender inglês, concorda?

Só que esse estudo do Malcom foi voltado para pessoas de alto desempenho, ou seja, é um estudo referenciado para cima, bem alto!

Músicos, atletas e entre outros humanos dotados de grandes habilidades.

No caso, se você quiser ser um grande especialista em alguma área então você precisa de 10.000 horas. Só que não queremos ser especialistas em inglês, queremos apenas falar fluentemente, só!

E aí é que entra o autor Josh Kaufman que mostra que na verdade precisamos de apenas 20 horas para aprender algo.

Não pense que em um dia você irá aprender tudo, existe um método para isso.

Que seria exatamente em 45 minutos por dia. Ele afirma que seja o que for que você queira aprender, dedique 45 minutos por dia e você estará dotado dessa habilidade.

Para falar bem mais sobre o assunto, e mostrar como você pode adquirir a habilidade qual for, veja essa palestra rápida que ele fez pelo TED.

Dica 2 – Aprenda e nunca mais esqueça!

Depois que você viu que você precisa apenas de 45 minutos por dia, agora vem a tática para que você intensifique o aprendizado do inglês ou de qualquer coisa que você esteja estudando.

Eis aqui a verdadeira forma de estudar…

E consiste de basicamente o seguinte… Você estuda algo e antes de dormir você precisa revisar com seu sistema motor.

Basicamente é assim: Você vai para sua aula de Geometria Analítica na faculdade de engenharia, e aí você, no mesmo dia, antes de dormir, precisa revisar aquela aula que você anotou em seu caderno. Só que o fato de revisar não irá adiantar você precisa usar as mãos para poder aprender, e a melhor forma de fazer isso é reescrevendo o que foi passado, ou melhor, refazer os exemplos ou fazer o que você quiser, desde que você use as mãos e o conteúdo que você aprendeu no dia.

Dessa forma você irá acelerar o aprendizado do inglês ou de qualquer disciplina que você esteja estudando.

Mas porque isso funciona e é tão importante?

Eu poderia explicar como funciona biologicamente, contudo você só precisa entender como funciona o seu cérebro de forma superficial, o principal é colocar em prática.

Mas para que você entenda, vamos fazer uma breve analogia…

O cérebro é como um computador (Sério? Nem um pouco clichê essa afirmação), e ele também tem uma parte parecida com a memória RAM (memória volátil) e uma outra parte com o HD (Hard Disk).

Como você deve saber, a Memória RAM armazena as informações provisoriamente e se você não salvar no HD, tudo se perde, pois o HD é a memória permanente, correto?

Mesma coisa funciona no cérebro, temos a parte volátil e a parte provisória, e para que você possa salvar as informações da parte volátil para a parte provisória, você precisa, antes de dormir, revisar o que você aprendeu e usar o sistema motor, como expliquei anteriormente.

Tem uma palestra do Professor Pier que explica detalhadamente como tudo isso funciona detalhadamente.

Posso ir adiantando que você vai se apegar demais ao bom velhinho, pois ele é uma figura e dei muitas boas gargalhadas com ele.

Infelizmente ele faleceu no ano de 2015, porém deixou esse conteúdo maravilhoso que vem ajudando milhares de jovens a aprenderem definitivamente a estudar.

Deleite-se!

Considerações finais sobre acelerar o aprendizado do inglês

Nossa! O conteúdo foi breve, mas com uma eficácia tremenda, dessa vez você vai acelerar o aprendizado do inglês e em qualquer outra habilidade que você queira desenvolver.

aprender inglês com música - ebook - acelerar o aprendizado do inglês
Eis aqui um bom conteúdo para que possa ajudar a você destravar o seu inglês.

Como de costume, deixo aqui o material gratuito do Professor Jerry Costa, onde ele ensina os 10 PASSOS SIMPLES PARA ROMPER AS BARREIRAS DO INGLÊS!

Vale muito a pena dar uma olhada nesse conteúdo. Até porque o professor Jerry tem vasta experiência ensinando profissionais de televisão a aprenderem de forma acelerada para cobrirem eventos internacionais.

É uma metodologia diferenciada, e sem aquela chatice de gramática. 😉

Por fim, espero muito que você tenha gostado deste conteúdo. Se quiser deixar comentários com observações ou dúvidas, pode postar mais abaixo.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *